22.4.09

OS HOMENS ESTÃO COM MEDO?

Boa tardeeeee!!!
Tudo bem gente?

Feriado acabou... tudo volta ao normal... até semana que vem que tem outro feriado!
Desculpem a demora... hoje foi um dia muito corrido!
Aiaiaiai...

Sem palavras pra agradecer o carinho, os emails, os comentários, as críticas e mensagens que vocês me mandam!...

Isso me deixa muito feliz mesmo!

Quem quiser falar comigo: consultora.emocional@terra.com.br

Outro dia estava eu no Orkut quando um amigo me enviou um convite para que eu entrasse numa comunidade, dizendo que tinha tudo a ver comigo, e o nome da comunidade era:

“Mulheres que assustam os homens!”

Eu dei risada num primeiro momento, mas parei pra pensar novamente nesse assunto...

Não é a primeira vez, aliás acho que nem a décima vez que algum homem me diz isso, infelizmente!

Agora me digam, eu sou uma pessoa completamente normal, que trabalha, que tem sonhos, com muita vontade de ter uma família e me casar... ter filhos, ser mãe...

Por qual bendito motivo eu assustaria alguém???

Por me interessar por isso comecei a conversar com algumas mulheres que tem o mesmo jeito que eu, aliás é o que mais tem hoje em dia, e descobri uma coisa muito interessante: o problema está neles!

Só neles!!!

O que a gente pode fazer se os homens estão cada dia mais medrosos, inseguros e apavorados
com a nossa independência?

Sinto muito meus queridos, mas acho que vocês vão ter que começar a se acostumar e a entender nosso jeito, ou melhor, nosso novo jeito.

O que é bom que vocês entendam é que o fato de sermos independentes não faz com que mude em nada o que esperamos de vocês, ou seja...

Continuamos AMANDO homens com iniciativa, homens com atitude, homens que conseguem nos fazer parar um minutinho que seja da nossa correria diária pra pensarmos neles...

Tudo o que queremos hoje em dia são homens que entendam que a gente também adora trabalhar, entendam que talvez nosso trabalho seja tão ou mais corrido que o de vocês, mas, se tivermos apaixonadas e interessadas, vamos com certeza arrumar um tempinho na nossa agenda lotada pra vermos vocês!!!

E isso nada mais é do que agirmos como os homens sempre agiram, certo?
Só que infelizmente vocês homens confundem tudo...

É, porque só porque a gente trabalha e também quer ter nossa independência financeira, vocês pensam que a gente já quer fazer absolutamente tudoooo igual a vocês... e as coisas não são bem assim!!!

Vocês não sabem, ou esquecem que a gente quer, precisa (às vezes) e ADORA um homem protetor do nosso ladooooo!!!

Duvido que alguma mulher não goste e não se sinta bem com isso...

Poxa, não tem coisa melhor do que nos sentirmos protegidas em algum momento do dia ou da semana, não tem coisa melhor que sabermos que temos alguém especial que podemos ligar e pedir uma opinião, desabafar, contar uma novidade...

E também não tem nada melhor que participarmos das suas vidas, termos liberdade pra dar nossas opiniões e nos sentirmos bem por um minuto no meio de uma semana stressante só de
lembrar que no final de semana estaremos juntinhos...

Vocês acham por acaso que só porque a gente também quer ser bem sucedida não queremos um namorado bacana que nos dê colo de vez em quando?

Tenho certeza que no fundo no fundo vocês sabem que a gente gosta disso, mas...

Penso que talvez com toda essa liberdade que temos hoje em dia vocês pensem que mudamos tanto que não precisamos mais de vocês!

NÃO É NADA DISSO!!!

As coisas estão bem complicadas, porque nós estamos pensando que não existem mais homens legais por aí e vocês pensam que as mulheres não são mais as mesmas...

Um pequeno problema de comunicação que dá pra ser resolvido facilmente!

Por isso, ao invés de ficarem assustados com o nosso jeito, que tal nos apoiarem e aproveitarem de tudo, todo o sucesso, toda a evolução junto com a gente???

Acho que já é um começo!

Grande beijooooo!!!
Até amanhã!

6 comentários:

Bruna dS. disse...

Por mais que tentamos os homens
sempre acabam se assuntanto com
nós mulheres ^^

Bjão

Deise Leal disse...

Oi Rê.
sobre esse tema tem uma historia engraçada:
Uma amiga independente estava acostumada a resolver tudo no trabalho, em casa, dos filhos e do marido, mas sentia que o marido não se sentia muito bem com isso, pois ela nao esparava por ele se quer pra trocar uma lampada ( peloamordedeus hehehe trocar lampada qualquer uma troca ). entao ela resolveu tentar se mostrar mais dependente e fragil. Vinha dando certo e ela ate estava gostando pois nao precisava correr o risco de quebrar uma unha ou machucar o dedo batendo um prego, alem do mais sempre arrumava mais tempo pro salao. Um belo dia ela bateu com o carro, coisa boba que resolveria sozinha sem problemas, mas ja estava se acostumando a pedir ajuda em tudo ao marido e ligou imediatamente para o cidadao, que estava sem tempo para ajuda-la naquela hora pois estava trabalhando. Bom, entenda isso? Se somos independentes eles nao gostam, se somos dependentes eles nos acham bobas e idiotas que nao sabem fazer nada sozinha?
Na duvida prefiro me virar mesmo.
Acho que homens de bem consigo mesmos, com o seu trabalho, nao tem porque ter esse tipo de medo, importante é os dois estarem no mesmo patamar.
bjoooos

Anônimo disse...

parabéns Re.

Adoro seu blog, adoro seus textos, adoro o jeito que vc fala.

parabéns e sucesso..
To aqui na França e não deixo de ler um só dia!

Beijão!

Paty

thamilla disse...

adorei o post!
realmente é isso q está acontecend..
os homens estaum com um pouco d medo pq as mulheres estaum cada vez mais independentes.E a maioria ds homens aind quer ser o dono da situação...tem um pouc d machismo..qr sempre mostrar p mulher q ele e estavel, independente,essas coisas..ai qnd eles se deparam com uma mulher q e independent..eles ficam meio q com medo...com receio...mas concordo c tud q vc falou nesse post!
qm naum gost d se sentir protegida??
adorei msm esse post!
tudo haver com a realidade
as coisas estaum mudand..e os homens precisam perceber isso...
beijos

Natália Pons disse...

Renata adorei os últimos posts mas este foi fantástico!
Eu tenho um amigo que sempre me fala "Nat pega leve, faz de conta que vc é mulherzinha, vai com calma senão o cara vai se assustar"
Eu sempre achei isso um pé no saco!

Poxa estou tão acostumada a pedir a conta no bar, decidir onde comer, e bla bla bla sabe!
Mas eu também quero que alguém fale "Nat hoje vamos sair pra tal lugar, hoje vamos fazer tal coisa"
quero alguém para me proteger e etc!
Não é porque tenho iniciativa que sou auto suficiente!
Na na ni na não!
Tem um post em outro blog que fala que os homens estão cada vez mais procurando conselhos em como conquistar a gradar as mulheres!

http://quer-namorar-comigo.blogspot.com/2009/04/homens-beira-de-um-ataque-de-nervos.html

Poxa eles que complicam tudo!
rsrsrs

Adorei!
Bjocas

Danny disse...

Medo de mulher "independente"?

"Medo de mulher independente" é a mesma coisa que ter medo de barulhos altos. Você não tem medo do barulho de uma britadeira, é apenas seu cérebro lhe mandando rapar fora dali para evitar uma enorme dor de cabeça.

Agora, entenda você isso aqui: muda o comportamento de uns, mudam os comportamentos dos outros. No momento que surge uma nova mulher, surge um novo homem. É da natureza das coisas. Se eu mudo com meus amigos, eles mudam comigo.

O menor problema é a mulher trabalhar fora. No fundo a maioria dos homens já queria não ser mais o único responsável pela provisão doméstica.

O que tornou a mulher impalatável, e levou a maioria dos homens a reduzir suas expectativas quanto a ela às mais básicas, foram comportamentos que vieram a tiracolo.

Ao mesmo tempo em que espera que o homem seja "muderno e progressista", a mulherada ainda espera que sejamos "à moda antiga". No entanto não são mais doces. Não possuem mais um respeito natural pela sobriedade masculina. Pelo seu senso de dignidade silencioso. E principalmente, confundiram liberdade com ganância: trabalharam fora, cresceram em poder aquisitivo, e passaram a confundir tudo com produtos - adereços a serem descartados ao sabor do momento.

Os homens não estão com medo. Ocorre é a que a maioria de vocês já não é mais uma companheira de fato. Antes de papagaiar essas visões da Cosmopolitan, eu tenho uma dica mais construtiva: se encarar duramente no espelho, e se perguntar o que foi que vocês perderam, que as fez perder o coração dos homens.

Você pode, e provavelmente irá, ignorar esse sábio conselho. Pode inventar uma realidade paralela, onde "os homens se tornaram medrosos". Mas não pode evitar este fato simples: você recebe aquilo que dá. E as contrapartidas das mulheres têm sido cada dia menos interessantes para um enlace duradouro, do ponto de vista masculino.

C'est la vie.