15.9.09

AUTO-ESTIMA ELEVADA E ALGUMAS COISAS A MAIS...

Bom diaaaaaaa!
Tudo bem gente?
Adoroooo!!!

Quero agradecer a todos os emails e todas as pessoas que participaram do programa Vai Ser Feliz ontem!

Eu que fiquei muito feliz! rs...
Obrigada mesmo!

Bom, hoje eu li um texto que acho que tem TUDO A VER com as coisas que sempre temos conversado aqui, e penso que é muito importante que todas vocês leiam...

Creio que muitos já conhecem esse texto, mas, confesso que eu realmente parei pra pensar em algumas coisas quando o li, e acho que vale prestar atenção...

Espero que gostem!

“Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato. E, então, pude relaxar. Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.

Quando me amei de verdade, pude perceber que a minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra as minhas verdades. Hoje sei que isso tem nome... Autenticidade.

Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento. Hoje sei que isso tem nome... Amadurecimento.

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo. Hoje sei que isso tem nome... Respeito.

Quando me amei de verdade, comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início, minha razão chamou essa atitude de egoísmo. Hoje sei que isso tem nome... Amor-próprio.

Quando me amei de verdade, desisti de querer ter sempre razão e, com isso, errei muito menos vezes. Hoje sei que isso tem nome... Humildade.

Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de me preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece. Hoje vivo um dia de cada vez. Hoje sei que isso tem nome... Plenitude.

Quando me amei de verdade, percebi que a minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando eu a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada. Hoje sei que isso tem nome.... Saber viver!!!

Não devemos ter medo de mudar nossos conceitos, nem tampouco deixar de encarar alguns confrontos ... Até os planetas se chocam e do caos nascem as mais belas estrelas.”

Charles Chaplin


Meninas, espero que esse texto maravilhoso ajude a clarear, esclarecer algumas coisinhas que estão confusas nas suas cabeças...

Grande beijo, fiquem bem!
Até amanhã!

4 comentários:

Tchika disse...

Esse texto é realmente bom, eu tenho esse livro "Quano me amei de verdade" Kim Mcmillen & Alison Mcmillen. Vale a pena ter e ler quando precisar...bjoss

Re Resende disse...

Nao conhecia esse texto.. adoreii..

Felipe MK disse...

Renatinha, renatinha... sinceramente não consegui ouvir o programa ainda, mas pretendo a semana que vem caprichar na audiência e participar...

Agora estou em treinamento na capital do Estado, mas logo estou de volta em casa...

Grande abraço!! Que Deus a abençoe vc e seu trabalho!!

DANY disse...

Nossa é relmente lindo amei...