24.9.09

PENSAMENTOS CERTOS, AÇÕES ERRADAS...

Bom diaaaaa!
Tudo bem gente?

Hoje já é quinta-feira e eu levantei pensando naquela coisa... como o tempo está voandoooo!

Dá até um medinho...

Enfim, já que está passando tão rápido, vamos aproveitar a vida e não deixar as coisas pra depois.

Esse negócio de protelar, não dá nada certo!

Quero agradecer DEMAIS os emails e comentários que recebo... obrigada mesmo!

Hoje resolvi falar das nossas ações, aquele probleminha que muitaaaa gente tem, de saber tudo o que tem que ser feito na teoria, mas na hora da prática, não consegue fazer nada, ou faz tudo ao contrário.

Isso acontece quando resolvemos agir com a emoção, ao invés da razão... e está errado?

Nem sempre!

Já consegui resolver muitas coisas, muitos problemas, totalmente tomada pela emoção, porém, em certos assuntos, principalmente nos relacionamentos, existem certos momentos que temos que parar, pensar e agir racionalmente, senão tudo dá errado!

Tenho um exemplo clássico que aconteceu há um tempo atrás...
(Falando mais um pouco dessa história do namorado terminar o relacionamento inesperadamente...)

Uma amiga me ligou desesperada, porque seu querido namorado, na qual estava/ está apaixonadíssima, terminou o namoro sem mais nem menos...

Quem acompanha meu blog desde o começo, sabe que eu também já passei por isso há pouco tempo, e tive que levantar a cabeça e dar a volta por cima...

Não foi nadaaa fácil, porém, tentei e consegui!

E, claro que, tudo o que quis naquele momento de desespero dela, foi ajudá-la, porém...

Como?

Tinha sim, um milhão de coisas a serem feitas, mas de que maneira, se ela mesma não queria se ajudar?

Como alguém pode te ajudar quando você não quer?

Normalmente, nesses casos, todos nós sabemos muito bem o que tem que ser feito, mas, conseguir fazer é bem diferente!

Esse negócio que falo de “auto-estima elevada sempreeee!” é muito fácil falar, mas manter, é muitooo difícil.

O mais complicado quando estamos tristes, decepcionados com alguém é saber agir racionalmente, mas, quando temos um foco, temos um objetivo, o mais seguro é tentar até conseguir, e não simplesmente dizer que não consegue!

Não consegue por quê?

Nesse caso da minha amiga, eu disse a ela que, se ela quisesse reconquistar o namorado, sim era o que ela queria, teria que agir com a razão, não ficar indo atrás, não ficar pedindo para voltar... não ficar implorando nadaaaaa...

É fato que os homens não gostam de mulheres dependentes, nem que ficam implorando, pedindo peloamordedeus pra ficar com elas...

Mas, na hora do “desespero”, muitas fazem isso... e perdem, infelizmente.

E parecia uma coisa, quanto mais eu falava pra ela não ir atrás, não ligar, não falar com ele por um tempo, para que ele pudesse sentir sua falta... mais ela ligava, falava que não estava agüentando, falava que não ia conseguir se recuperar...

Ele todo paciente, sempre tentando fazê-la entender que não era assim que as coisas funcionavam...

E de nada adiantava... ela ligava, ligava, chorava, chorava, implorava... e o que aconteceu?

Ele se cansou, se irritou, começou a ser grosso...

E quando ela veio me perguntar o porque dessa atitude dele, foi simples a resposta...

“Você sabia tudo o que tinha que fazer, e no entanto, fazia tudo ao contrário...
ninguém agüenta isso!”

É só se colocar no lugar dele... quem de nós suporta um ex namorado, chorando, implorando, falando que vai fazer uma besteira, se não voltarmos a namorar com ele?

E, ao invés de voltarem como ela queria, e ele também achava que ia acontecer, cada um foi para um lado, e não se falam mais desde então!

Horrível isso, nem amigos puderam se tornar!

Percebem como tudo poderia ser diferente se ela tivesse agido com calma, com a razão, sem se humilhar, sem implorar nada?

Poderia talvez ter voltado com ele, quem sabe...

Agora o que não adianta é saber o que tem que fazer, mas não lembrar disso na hora em que precisa!

Grande beijoooo!
Até amanhã!

Um comentário:

Silvia Gonçalves disse...

Puxa..

Eu quase fiz isto estes dias .. mas resolvi me segurar.. parece que alguém me falava pra pensar com calma depois...

Acho que era para eu ler isto antes... e continuar com o pensamento de que não adianta mais ir atrás... se ele não quiser mais nada, não adianta.. e se ele sentir saudades... ele vai me procurar por suas próprias pernas.. e é por isto que torço...

Obrigada pelo texto..

Bjos