17.11.09

NÃO É DIFICIL ENTENDER, MAS...

Bom diaaaaaa!
Tudo bem gente?
Espero que sim... Sempre!

Hoje, depois de um transito caótico em SP, e meu celular roubado... vou fazer uma das coisas que mais gosto... escrever aqui!

Quero agradecer demais os emails e comentários, principalmente sobre a história que publiquei ontem, da Silmara.

Obrigada queridas leitoras, adoroooo!!!

Comentando sobre a história da Silmara, queria falar sobre os motivos pelos quais algumas (muitas) pessoas tomam atitudes insanas (como a do ex noivo dela)...

E o que vou falar pode parecer uma mega bobagem... mas o que provoca esses atos repentinos é o pior sentimento que já conheci na vida... o medo!

Alguns tem um medo tão absurdo de arriscar, de inovar, de tentar certas coisas na vida...

O pavor é tanto que, muitas pessoas preferem passar a vida toda do mesmo jeitinho, do que arriscar uma coisinha nova sequer...

Sinceramente, não meus queridos?

É por conta disso que muita gente (homens e mulheres), passa a vida toda sem ter nada novo, nunca, e depois, quando ficam velhos ainda reclamam, dizendo que a vida é chata, que a vida é uma droga...

Sinto muito!

Como é que vocês querem ter coisas novas e boas, se não tentam?
Como é que vocês querem conseguir realizar seus sonhos se não correm atrás???

Ficar em casa esperando que um milagre aconteça é muito complicado...

Pode até acontecer, mas por que não fazer por merecer?

No caso da Silmara, confesso que fiquei indignada com a atitude do noivo... e não, não foi por ele ter querido terminar... e sim pelo modo como fez tudo.

Na minha humilde opinião, ninguém é obrigado a ficar com ninguém... porém, que tal um pouco de coragem e honestidade com o próximo???

Garanto que não faz mal a ninguém!

Eu sei que é duro, e que a coragem some em certas horas, que o medo fala alto, mas nada, nadaaaaaa é mais importante do que ser sincero, honesto e verdadeiro com que te ama!

Ainda mais num caso como o dela... namoraram oito longos anos e eram considerados o casal perfeito!

Quer dizer... tudo fachada?

Vai saber há quanto tempo esse homem estava infeliz!

Sabe, o que conheço de pessoas que continuam um namoro... empurram com a barriga, e se mantém infeliz, só por conta do medo que tem de terminar, não é brincadeira!

Vamos conversar? Vou falar o que muitas vezes acontece...

Acho que algumas pessoas vão se identificar!
Complicado isso, porque além de você ter medo, ainda prejudica a vida da outra pessoa, não é?

Sim, porque ela está lá, feliz e contente achando que você é apaixonado, assim como ela é por você, certo?

Mas, não tem como fugir da realidade, uma hora ou outra, você não vai agüentar mais fingir, o medo simplesmente vai sumir... e você, vai terminar o relacionamento que parecia ser perfeito de uma hora pra outra, e sua namorada, noiva, esposa... vai ficar completamente espantada, achando que você surtou!

E, na verdade, não teve surto nenhum, você simplesmente deu um basta numa situação que te incomodava há muito tempo, não é?

Mas... ela não sabia disso!

E você, além de deixá-la agora, super magoada, ainda impediu que nesse tempo todo em que estavam juntos, ela conhecesse alguém bacana que quisesse realmente estar com ela... portanto, além de medroso, você agiu como egoísta, só pensando em você!

Entendem?

Que tal então começar a pensar mais nas pessoas que você considera, e não ser tão egoísta??

De repente, ser honesto e corajoso vale muito mais a pena... talvez as pessoas te respeitem muito por suas atitudes!

Grande beijo!
Até amanhã!

Um comentário:

henrique disse...

para a mudança ocorrer a pessoa deve sair de sua zona de conforto,pois a chuva só semeia o campo do agricultor q preparou-se para receber as bençãos,pense nos ganhos secundários q tdos acumulamos quando somos covardes,fica um sentimento de auto-piedade,e fica um dilema de como as pessoas são más e isso m dá a sensação de superioridade,ms estamos sempre lamuriando e permanecemos nesse ciclo...
quando temos um problema pela frente,algo q naum sabemos fazer temos vergonha de aceitarmos ajuda e a condição de iniciantes ms isso é necessário para a evolução pois pense em uma lagarta antes de romper o casulo,após isso ela fica vulnerável aos predadores ms com paciencia podemos tornarmos borboletas e mudarmos o curso de nossas vidas...
adoro seu trabalho,e queria conhecer mais a rsspeito do universo feminino,e o jeito como pensam é interessante isso

bjaum ;) written by rick