18.8.08

Oláaaaaa!!

Tudo bem?

Final de semana foi bom? O meu foi agitado...Hoje é segunda-feira e já estou cansada, mas não tem problema porque é um cansaço bom, sabe aquela dor que a gente fica quando começa a fazer ginástica, que é ruim mas a consciência está tranquila?... assim que estou me sentindo!

Como disse que hoje contaria uma história para vocês vou começar... essa é antiga, porém a partir daí comecei a usar muitas vezes mais a razão do que a emoção antes de tomar minhas decisões.

Desde o colégio eu era apaixonada por um cara uns sete anos mais velho que eu, mas ele nem sonhava com isso, aliás para ser sincera ele nem sabia da minha existência!

Um belo fim de semana fui inscrita num programa da igreja do meu bairro, era o "encontro de jovens", eu não sabia bem o que era, porém foi uma coisa muito legal, principalmente porque quando cheguei lá no sábado umas 6hs da manhã dei de cara com ele. Sim, ele participaria do encontro junto comigo, fiquei tão feliz que nem ligaria se o evento fosse chato.

Ele, muito simpático fez amizade comigo rapidamente, amizade essa que com certeza vai durar até o fim das nossas vidas.

E eu vendo a simpatia e gentileza dele fiquei mais apaixonada ainda.

O "encontro" acabou e o tempo foi passando, cada vez ficávamos mais próximos, ele sempre me tratando como amiga e eu cada vez mais apaixonada!

Não sabia como dizer isso a ele, pois achava que estragaria nossa amizade.

Resolvi então ficar sempre próxima porque só assim ele poderia perceber o que eu sentia sem que precisasse falar.

Foi exatamente isso que aconteceu. Ele percebeu, porém...

Uma certa noite estávamos em sua casa vendo filmes como de costume, eu claro, louca para dar um beijo naquele homem.

Ele ali do meu lado assistindo filme comigo e nada de encostar em mim, até que comecei a conversar com ele sem ligar para o filme, quando vi estávamos grudados e ele acabou me beijando.

Foi bom demais, não tinha nada nem ninguém para nos atrapalhar, estava tudo absolutamente perfeito, poderia ficar naquela casa o beijando a noite toda.

Eu feliz, já achei que tinha conseguido o que queria, o homem que eu gostava há anos me beijando... era um sonho mesmo!

Só que esse era o meu pensamento, só meu!
De repente ele parou de me beijar, disse que era tarde e que me levaria para a casa.

Como assim?!? Fiquei tão atordoada que não sabia o que falar... só tinha vontade de chorar, por que estragar tudo daquela maneira!?

Não tive dúvidas, era o momento para falar o que eu sentia, então me declarei, falei tudo o que tive vontade naquele momento, ele quieto ficou me ouvindo.

Quando terminei de falar ele não teve dúvidas... se levantou e foi direto para o carro ainda em silêncio.

Não podia ficar ali sozinha, fui para o carro também, claro.

Sabia que me levaria embora, o problema é que ele não falava nadaaaaaaa!!! Estava quase tendo um ataque de nervos!!!!!!!

Chegamos em casa e fui me despedir cheia de esperança que ele falasse alguma coisa pelo menos... e falou.

Tranquilo como sempre, me disse que não queria mais ficar comigo porque nós éramos muito amigos e por nada no mundo queria estragar nossa amizade, só isso!

Me lembro bem daquela noite, saí do carro sem falar uma palavra e fui direto para o meu quarto.

Chorei feito criança, não acreditava que tudo tinha acabado daquele jeito, todos aqueles anos apaixonada por ele simplesmente foram para o espaço em algumas horas.

Ficamos um bom tempo sem nos falar, estava morrendo de vergonha por tudo o que tinha dito a ele.

O tempo foi passando até que conheci um outro cara, ele não era como o Ma mas me ajudou a esquecê-lo por um tempo já que eu estava convencida que seria o melhor a fazer, afinal depois de tudo o que eu disse, nem um telefonema ele me deu.

Meu coração estava apertado de tanta falta que sentia dele... era muito amor mesmo.

Final do ano chegou e estava tudo certo para passar o Revéillon na praia com meu gatinho. Fazia um bom tempo que não falava com o Ma.

Dia 25 de dezembro, natal, toca meu telefone. Era ela dizendo que estava indo para minha casa porque precisava muito falar comigo.

Tremi de tanto nervoso só de pensar no nosso reencontro depois daquela noite...

Bom gente, queria terminar hoje mas não posso, senão fica muito extenso, né?

Grande beijo!
Ótima segunda para todas e espero que a semana seja perfeita para todas nós!!!!

5 comentários:

Regiane disse...

NOSSA.. QDO ME INTERESSEI PELA HISTORIA.. ACABOU. :(
MAS PASSO POR AKI PRA LER MAIS..
É A 1ª VEZ Q VENHO EM SEU BLOG.. GOSTEI..
BJOS BOA SEMANA

http://regianeresende.blogspot.com

maah disse...

Oiie ! Tdo bem? Vi o endereço do seu blog no "ig delas" e resolvi visitar, gostei muiiiitooo ! Parabéns ! Tô muito curiosa pra saber o fim da históriiaaa *-* Eu tenho um blog também, se possível, dá uma passadinha? O link é www.marcella_mary.blig.com.br Beijos !

Anônimo disse...

Aaaahhhhhhnão acredito....vc não vai terminar essa história hoje??

ai ai ai ....

Anônimo disse...

Oi Renata! Descobri hoje seu blog, quase que por acaso. Gostei muito!Fiquei bastante curiosa para saber o desfecho da história de hoje. Afinal, o que ele vai falar? Por que demorou tanto? Vou dar um palpite: acho que mulher não é sua praia. Tudo bem, afinal o que seria do azul se todos gostassem do amarelo? Bjs. Leo.

camyla disse...

Oiii
Nooossa,gostei muito do seu blog!
de verdade,li umas coisas que me fizeram ter um UP!
Quero muito o seu livro,como faço pra consegui-lo?
Grande beijo!
CAmyla